Jovens portugueses são os que sentem mais pressão com trabalho escolar

Estudo da Organização Mundial de Saúde

28 julho 2008
  |  Partilhar:

Os jovens portugueses de 15 anos são os que sentem maior pressão com o trabalho escolar num conjunto de 41 países analisados num estudo da Organização Mundial de Saúde divulgado na Escócia.
 

 

A análise, desenvolvida pela Rede Europeia "Health Behaviour in School-aged Children", da qual Portugal faz parte, incide em 204.534 adolescentes entre os 11 e os 15 anos de 41 países.
 

 

Do total de jovens inquiridos em 2006, 3.919 são portugueses (1.886 rapazes e 2.025 raparigas).
 

 

Segundo o documento sobre "desigualdades na saúde dos jovens", 73% das raparigas e 61% dos rapazes com 15 anos sentem-se muito pressionados e stressados com o trabalho escolar, percentagens que colocam Portugal no topo da tabela logo seguido da Escócia e da Inglaterra.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.