Jovem americana impedida de abortar...

...por falta de maturidade

09 maio 2005
  |  Partilhar:

 

 

Uma adolescente norte-americana de 13 anos, grávida de três meses, foi impedida de fazer um aborto porque um juiz a considerou imatura para tomar aquela decisão. O aborto é legal nos EUA e a jovem tinha planeado interromper a gravidez na semana passada. Mas o caso foi levado a um tribunal da Florida, pelo Departamento de Crianças e Famílias daquele estado.
 

 

O argumento era o de que a jovem era muito imatura para compreender plenamente as consequências de um aborto. Segundo um porta-voz do Departamento de Crianças e Famílias, Zoraya Suarez, este organismo «fez o que entendeu ser do melhor interesse para a criança».
 

 

O juiz Ronald Alvarez acolheu a argumentação e determinou que a adolescente seja sujeita a uma avaliação psicológica antes de tomar uma eventual decisão. Na prática, isto inviabilizará a realização de um aborto em tempo útil, caso se mantenha a vontade da jovem.
 

 

O aborto está legalizado nos EUA. Mas para menores de 18 anos há algumas restrições, conforme a legislação própria de cada Estado. Na Florida, menores que queiram interromper voluntariamente a gravidez têm de obter permissão de um dos pais.
 

 

Fonte: Público
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.