Japoneses anunciam novo sistema de identificação de vítimas

Técnica apresentada na conferência anual da Radiological Society of North America

05 dezembro 2007
  |  Partilhar:

 

Investigadores japoneses anunciaram um novo sistema que permite identificar de forma mais rápida e sem erros as vítimas de catástrofes. A nova técnica foi apresentada na conferência anual da Radiological Society of North America, reunida na semana passada em Chicago, Illinois.
 

 

Actualmente, todas as identificações de vítimas de sismos, de acidentes de aviação ou em actos terroristas, são feitas pela comparação dos seus dentes com radiografias ou moldes fornecidos pelos dentistas.
 

 

Este processo pode levar várias semanas e não é totalmente fiável, segundo explicou Eiko Kosuge, dentista e radiologista da Faculdade de Medicina Dentária de Kanagawa, no Japão, e principal autor deste trabalho.
 

 

Kosuge propôs um sistema que permite comparar automaticamente as radiografias dentárias com as fotografias da dentição das vítimas. Este sistema é suportado pela técnica de comparação de imagens de alta-precisão que permite medir as similaridades e corrigir as distorções.
 

 

Segundo o médico, o sistema permite identificar um corpo em menos de quatro segundos, o que equivale a uma redução de 95% relativamente ao tempo actualmente necessário para esta tarefa.
 

 

Para aperfeiçoar esta técnica, Kosuge e a sua equipa analisaram os dossiers dentários de 60 pessoas antes e depois de tratamentos.
 

 

Fontes: Lusa e Imprensa Internacional
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.