Japonês esteve três semanas em Hipotermia

Caso clínico intriga especialistas

27 dezembro 2006
  |  Partilhar:

Mitsutaka Uchikoshi, um funcionário público japonês de 35 anos, esteve durante 24 dias, ferido, numa montanha, depois de ter caído por uma ribanceira. Com a temperatura a rondar os dez graus Celsius, a sua própria temperatura corporal baixou muito rapidamente: Quando foi encontrado, a 31 de Outubro, tinha apenas 22 graus.
 

 

Para comer não tinha mais do que um frasco de molho de barbecue. E, no segundo dia de estar caído, arrastou-se para uma área com relva, que ficava ao Sol. "Sentia-me bem e adormeci. É a última coisa de que me lembro", contou Uchikoshi, numa conferência de imprensa dada ao ter alta do hospital na semana passada.
 

 

Até agora, os casos de sobrevivência em Hipotermia têm-se limitado a muito poucas horas. "Se o paciente sobreviveu mesmo com uma temperatura corporal tão baixa e durante tanto tempo, o caso é mesmo revolucionário", comentou Hirohito Shiomi, um especialista em hibernação de Hiroxima, citado pela BBC Online.
 

 

Fontes: Público e BBC
 

MNI- Médicos na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.