Isoladas células estaminais da mama

Descoberta pode desenvolver novos tratamentos

13 janeiro 2006
  |  Partilhar:

 

 

Pela primeira vez, foi isolada uma única célula estaminal de tecido mamário que produz, em seis semanas, uma glândula mamária completa, quando implantada em fêmeas de ratinho. Este resultado pode explicar por que é que o cancro da mama pode reaparecer em mulheres em que o tratamento por quimioterapia tenha sido, aparentemente, eficaz na eliminação do tumor.
 

 

As implicações dos resultados do trabalho, elaborado por investigadores australo-canadianos do Walter & Eliza Hall Institute, (uma equipa integrada no The Cancer Council Victoria’s Breast Cancer Committee, na Austrália) foram apresentadas em dois artigos na revista Nature.
 

 

Fonte: Público
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.