IPO do Porto vai estudar impacto das Doenças Oncológicas em crianças

Projecto pioneiro arranca este mês

15 agosto 2007
  |  Partilhar:

O Instituto de Oncologia (IPO) do Porto vai arrancar este mês com um estudo que visa avaliar os efeitos da Doença Oncológica e seus tratamentos nas crianças que passam pelo serviço de Pediatria daquele hospital.
 

 

O plano da investigação é avaliar o estado neuropsicológico de cada um dos pacientes nos vários momentos: quando dá entrada no hospital, um mês após o tratamento, dois anos e, por fim, cinco anos depois.
 

 

Mas o projecto não se fica pela investigação. "A longo prazo, a ideia é implementar projectos de reabilitação que possam eliminar ou minimizar estas lesões, trabalhando com pais e professores", adianta Magda Oliveira, coordenadora do projecto e uma das psicólogas do serviço de Psico-oncologia do hospital.
 

 

Todos os anos, passam pela Pediatria do IPO do Porto entre 70 e 80 novos casos. A investigação vai incidir sobre uma faixa etária até aos 16 anos. Serão acompanhados doentes com quatro tipos de cancro: Leucemia Linfoblástica Aguda (LLA), Leucemia Mieloblástica Aguda (LMA), Linfoma não-Hodgkin (LNH) e tumores do Sistema Nervoso Central (SNC).
 

 

Fonte: Diário de Notícias
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar