Iogurte natural contra o mau hálito

Cáries e problemas nas gengivas também são amenizados

28 março 2005
  |  Partilhar:

Iogurtes sem açúcar podem ajudar a acabar com o mau hálito, cáries e problemas nas gengivas, segundo um estudo japonês.
 

 

 

De acordo com um estudo recente, comer iogurte reduz os níveis de gás sulfídrico, uma das principais causas do mau hálito, em 80 por cento dos voluntários.
 

 

A redução do mau hálito seria causada pelo trabalho das bactérias activas no iogurte, especificamente Lactobacillus bulgaricus e Streptococcus thermiphilus.
 

 

Os 24 voluntários que participaram do estudo receberam instruções rigorosas sobre higiene oral, dieta e ingestão de fármacos. Para o estudo, os voluntários passaram duas semanas a evitar iogurtes e comidas semelhantes, como o queijo.
 

 

Depois dessa fase, os cientistas recolheram saliva e amostras das línguas dos voluntários para medir os níveis de bactérias e componentes que causam odor, incluindo o gás sulfídrico. Posteriormente, foram-lhes administrados 90 gramas de iogurte por dia, durante seis semanas.
 

 

Os investigadores descobriram que os níveis de gás sulfídrico tinham diminuído em 80 por cento dos participantes. Os níveis de placa e de gengivite também ficaram significativamente mais baixos. «O consumo frequente de comidas com altos níveis de açúcar é a principal causa de cáries, que podem originar muita dor e desconforto», explicou Nigel Carter, presidente da Fundação Britânica de Saúde Dental.
 

 

«Embora este estudo ainda esteja na fases inicial, não há dúvidas de que os iogurtes sem açúcar são uma alternativa muito mais saudável a chocolates e doces. Por isso, encorajamos as pessoas a adicioná-los às suas dietas», afirmou.
 

 

Uma em cada quatro pessoas sofre de mau hálito regularmente, e 19 em cada 20 são afectadas por doenças das gengivas, em algum momento das suas vidas.
 

 

Carter enfatizou, porém, que a melhor maneira de combater o mau hálito é adoptar uma rotina de cuidados com a saúde oral. Isso significa, lavar os dentes duas vezes por dia com pastas dentífricas que contenham flúor, usar fio dental e visitar o dentista regularmente.
 

 

Traduzido e adaptado por:
 

Paula Pedro Martins
 

Jornalista
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.