Investigadores desvendam mistérios da erecção masculina prolongada
19 março 2002
  |  Partilhar:

Investigadores norte-americanos conseguiram descrever o mecanismo da erecção masculina e explicar pela primeira vez como esta se mantém após a primeira fase de excitação, segundo um estudo que a revista Proceedings publica hoje.
 

 

Os investigadores da Universidade de Jonhs Hopkins tinham já há dez anos concluído que a erecção é desencadeada pela libertação de óxido nítrico pelos nervos do pénis. Agora, os mesmos especialistas descrevem o mecanismo de produção contínua de óxido nítrico, necessária a uma erecção prolongada.
 

 

Com base em experiências com ratos, os cientistas descobriram que os vasos sanguíneos aproveitam a dilatação dos nervos para injectar no organismo uma dose contínua de óxido nítrico para endurecer o pénis e prolongar a erecção.
 

 

Este procedimento parece começar quando um pensamento erótico ou uma sensação física desencadeia a libertação de óxido nítrico na extremidade dos nervos do pénis.
 

 

Para explicar melhor, o professor Arthur Burnett exemplificou que "a fisiologia da erecção é semelhante à condução de uma viatura: Não se pode simplesmente rodar a chave na ignição e esperar que o carro vá a qualquer lado. É necessário também carregar no acelerador e manter lá o pé".
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.