Investigadores desenvolvem vacina promissora contra a dependência

Estudo do National Institute of Drug Abuse

01 fevereiro 2008
  |  Partilhar:

Investigadores norte-americanos do National Institute of Drug Abuse (NIDA) desenvolveram uma vacina promissora contra a dependência das drogas que impede o corpo humano de sentir os efeitos da substância.
 

 

A vacina funciona obrigando o sistema imunitário a reconhecer a droga como um corpo estranho, explicou Thomas Kosten, professor de Psiquiatria no Baylor College of Medicine em Houston (Texas, sul), que trabalha no desenvolvimento desta vacina desde 1995.
 

 

O paciente recebe uma versão modificada da droga à qual é acrescentada uma proteína que o corpo reconhece como uma ameaça. Os resultados mais promissores foram constatados com a cocaína, mas os investigadores esperam que esta vacina possa um dia ser utilizada para a dependência às metanfetaminas, à heroína e até ao tabaco.
 

 

Os testes da vacina contra a dependência da cocaína incluem uma série de cinco injecções para um período de três meses. A vacina tem ainda de ser experimentada numa escala mais alargada antes de se dar início ao processo para aprovação na FDA a entidade norte-americana que regula a comercialização de fármacos e alimentos.
 

 

Fontes: Lusa e Imprensa Internacional
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.