Investigadores descobriram um gene responsável pela longevidade

Mutação duplica a esperança de vida das minhocas

13 março 2001
  |  Partilhar:

A localização de um gene responsável pela longevidade dos seres vivos está cada vez mais próxima. Biólogos do Instituto de Tecnologia de Boston (Massachusetts, EUA) conseguiram aumentar a esperança média de vida de uma minhoca da espécie Caenorhabditis elegans através da mutação de um determinado gene, aumentando a sua expressão.
 

 

Os resultados desta experiência vêm publicados na actual edição da revista “Nature” (vol. 410, pág. 223). O gene localizado por esta equipa de cientistas e conhecido pelas iniciais Sir-2.1 apresenta poucas diferenças em relação a um gene presente nas leveduras e conhecido como SIR2, o que leva estes investigadores a especular que se trata de um gene conservado ao longo da evolução das espécies e assim provavelmente estará presente, com poucas alterações, em seres vivos superiores.
 

 

O mesmo grupo espera localizar este gene, responsável pela longevidade, em seres humanos. Já foi possível aumentar a esperança média de vida em ratos geneticamente manipulados.
 

 

 

Fonte: Net Doktor
 

 

Adaptado por:
 

David Ferreira
 

MNI - Médicos na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.