Investigadores da Universidade de Coimbra desenvolvem novo teste neuropsicológico

Estudo realizado na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação

09 agosto 2010
  |  Partilhar:

Investigadores da Universidade de Coimbra desenvolveram a “Bateria de Avaliação Neuropsicológica de Coimbra (BANC) para ajudar a melhorar a intervenção clínica em crianças dos cinco aos 15 anos com patologias neurológicas ou de desenvolvimento.

 

O coordenador do projecto, Mário Simões, da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação, explicou à agência Lusa que a BANC – que incluiu, na sua aferição, a participação de 1.104 crianças e adolescentes com idades entre os cinco e os 15 anos – é simultaneamente abrangente e exaustiva e “viabiliza a avaliação de importantes funções neurocognitivas”, como a memória, a atenção, as funções executivas, a orientação, a motricidade e a lateralidade, que “são essenciais à capacidade para aprender, na escola, e fora da escola”.

 

Os resultados na BANC permitem identificar “consequências relativas ao impacto cognitivo de patologias neurológicas ou desenvolvimentais”, tais como a epilepsia, traumatismos crânio-encefálicos, tumores cerebrais, perturbação da hiperactividade com défice de atenção, autismo ou dificuldades de aprendizagem.

 

Mário Simões refere que a partir dos resultados da BANC “é possível testar hipóteses e identificar desfasamentos ou dissociações relativas a funções cognitivas (memória, linguagem, atenção, funções executivas) preservadas ou lesadas”.

 

Esta informação, de acordo com o investigador “é potencialmente útil” para a elaboração de programas mais individualizados e específicos de intervenção psicológica, nomeadamente na reabilitação, reeducação e psicoterapia.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.