Investigadores da maioria das áreas produzem abaixo da média europeia

Dados da Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência

11 janeiro 2016
  |  Partilhar:

Os investigadores das áreas da saúde e engenharias são aqueles que mais produzem artigos em Portugal, que continua abaixo da média europeia na maioria das áreas, segundo dados da Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC).
 

A produção científica em Portugal triplicou em apenas uma década. Entre 1999 e 2003 foram publicados 18.257 artigos, já entre 2009 e 2013 as revistas científicas de referência internacional publicaram 54.151 trabalhos com participação portuguesa.
 

Contudo, segundo uma análise feita pela Lusa aos dados agora disponibilizados no sítio da DGEEC, a produção nacional continua abaixo da média da União Europeia em 15 das 22 áreas de conhecimento.
 

Apenas as áreas da Neurociência e Comportamento, Ciências Espaciais, Ciências Agrícolas, Engenharia, Imunologia, Física e Multidisciplinaridade estão acima da média europeia.
 

De acordo com a análise, os investigadores das Ciências Médicas e da Saúde foram quem mais produziu em 2013, com 6.209 artigos, seguindo-se as Ciências Exatas, responsáveis por 5.520 artigos, e as Ciências da Engenharia e Tecnologias com 4.859 artigos em 2013.
 

Entre as 22 áreas de conhecimento, os investigadores de Química foram os que mais produziram entre 2009 e 2013 com 6.958 artigos publicados, seguindo-se os trabalhos na área de Medicina Clínica (6.489 artigos), Física (4.753), Engenharia (4.655) e Ciências Naturais (3.972).
 

A Imunologia e Microbiologia são as áreas com menos produção científica (com 682 e 901 artigos respetivamente) registada entre 2009 e 2013. Apesar da baixa produção de artigos, os investigadores da área da Imunologia destacam-se por estarem entre os que conseguem ter mais artigos citados (81,23%).
 

Os autores das áreas de Genética e Biologia Molecular (78,94%), Neurociência (78,11%) ou das Ciências Espaciais (83,53%) surgem também com grande percentagem de artigos citados.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.