Investigadores da Faculdade de Medicina do Porto ganham prémio internacional em Medicina de Reprodução

Prémio Grant For Fertility Innovation (GFI)

27 julho 2011
  |  Partilhar:

Os investigadores da Faculdade de Medicina do Porto, Henrique Almeida e João Luís Silva Carvalho, tornaram-se hoje os primeiros portugueses a receberem o galardão “Grant For Fertility Innovation”, que distingue com um milhão de euros projectos inovadores sobre medicina da reprodução.

 

Henrique Almeida e João Luís Silva Carvalho são investigadores da Faculdade de Medicina do Porto e do Centro de Estudos e Tratamento da Infertilidade (CETI) e foram distinguidos por um Projecto que desvenda novos mecanismos para aumentar taxas de reprodução em casais inférteis.

 

“Ter recebido este prémio é motivo de orgulho para nós e de prestígio para a Faculdade de Medicina do Porto, o CETI e o país. É uma distinção excepcional”, referiu o professor João Luís Silva Carvalho, um dos galardoados.

 

A bolsa de um milhão de euros associada “vai-nos permitir ter os recursos necessários para continuar a desenvolver um projecto de investigação em que estamos muito empenhados e que, no futuro, pode trazer grandes benefícios para o tratamento de muitos casais inférteis”, acrescentou.

 

O trabalho dos dois investigadores ajuda a melhorar a qualidade funcional dos ovócitos (células reprodutoras femininas) e, assim, conseguir distinguir aquelas que podem dar origem a embriões de boa qualidade, ou seja, que proporcionem gravidezes.

 

Actualmente, os ovócitos são seleccionados unicamente segundo critérios morfológicos (que não têm em conta a capacidade funcional destas células), facto que tem contribuído para as insatisfatórias taxas de êxito dos tratamentos de fertilidade.

 

A qualidade do ovócito é determinante para as taxas de sucesso dos tratamentos da infertilidade. Contudo, estas permanecem insatisfatórias, situando-se, a média europeia, nos 30 por cento de gravidezes e 20% de partos.

 

O Grant For Fertility Innovation (GFI) da Merck Serono foi lançado na 25.ª Reunião Anual da ESHRE, em Junho de 2009 com o objectivo de promover o avanço da ciência e investigação médica no campo da fertilidade.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.