Investigadores clonaram uma vaca e obtiveram um bezerro
02 maio 2002
  |  Partilhar:

Uma equipa de investigadores brasileiros da Universidade de São Paulo (USP) continua sem conseguir explicar como obteve um bezerro numa experiência que tinha por objectivo clonar uma vaca.
 

 

O nascimento do bezerro, que seria um feito para a ciência brasileira, já que pela primeira vez no mundo se realizaria a clonagem de uma vaca adulta da raça Nelore, acabou por frustar os investigadores, noticia o jornal O Estado de São Paulo.
 

 

O nascimento, no sábado, de um macho, facilitado através de uma cesariana, acabou por pôr em dúvida dois anos de investigações da USP, uma das universidades mais prestigiadas do país.
 

 

"Não sabemos o que provocou a inversão de sexo. Precisamos de fazer exames genéticos para encontrar uma explicação", afirmou António Visintin, chefe do projecto desenvolvido pelo Departamento de Reprodução Animal da USP.
 

 

"Isto não faz sentido. O sexo está definido na célula somática", considerou por outro lado o investigador Rodolfo Rumpf, coordenador do Projecto Nacional de Biotecnologia da Reprodução.
 

 

Rumpf, que conduziu o projecto que deu origem ao nascimento em Março de 2001 da bezerra Vitória, a partir de uma célula embrionária, o primeiro clone brasileiro, considerou a situação cientificamente impossível.
 

 

Visintin, que utilizou tecido retirado da orelha de uma vaca para realizar a sua experiência de clonagem, assegurou que, apesar do processo ser já comum em todo o mundo, o projecto era novo por utilizar pela primeira vez uma célula adulta.
 

 

"Seria um grande contributo para a ciência", afirmou o cientista, que promete uma resposta para o fenómeno num espaço de quinze dias.
 

 

O cientista explicou que implantou embriões clonados noutras duas vacas, uma com dois meses de gestação e outra com quatro, e que o nascimento de bezerras a partir destas experiências poderá salvar a sua investigação.
 

 

"Mas se nascerem machos vamos verificar todos os procedimentos desde o início", assegurou.
 

 

O cientista não rejeita a possibilidade da vaca ter sido inseminada por um touro antes de lhe ser implantado o embrião clonado.
 

 

Fonte: Lusa
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.