Investigador português descobre o mecanismo de formação dos miomas

Estudo publicado na “Oncogene”

09 fevereiro 2009
  |  Partilhar:

O mecanismo molecular de formação de tumores benignos do músculo liso do útero, conhecidos por miomas, foi descoberto por um investigador português.
 

 

Sabendo que a predisposição para o desenvolvimento de certos tumores, em particular do músculo liso do útero, está relacionada com uma mutação numa proteína mitocondrial, a fumarase, o trabalho de Nuno Guerreiro consistiu na identificação do mecanismo responsável por esta ligação.
 

 

O investigador utilizaram células com mutações dessa proteína e, com a ajuda de uma tecnologia de microchips, mediram a expressão dos genes dentro das células. Foi verificado que existia uma rede de genes associada à proteína SRF (Factor de resposta ao soro) que estava sempre reprimida nas células em que a fumarase estava mutada. Observaram ainda que essa rede era fundamental para a formação do músculo liso maduro.
 

 

Em declarações à Lusa, Nuno Guerreiro sublinhou que “quando a fumarase não funciona, as células que dão origem ao músculo liso, em vez de se diferenciarem em células do músculo e pararem de se dividir, continuam a proliferar, levando à formação de miomas.”
 

 

Desta forma, a identificação da rede de genes associados ao SRF cria um alvo para possíveis abordagens terapêuticas.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.