Investigador do Porto distinguido por estudo de proteína em cancro

Prémio Pulido Valente 2014

05 março 2015
  |  Partilhar:
O cientista do Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto, João Vinagre, foi o vencedor do Prémio Pulido Valente Ciência 2014 por ter identificado que o aumento de uma proteína, a telomerase, é comum em cancros agressivos da tiroide, bexiga e sistema nervoso central, noticia a agência Lusa.
 
O estudo desenvolvido pelo investigador revela que numa região do gene da telomerase existem alterações que se traduzem num aumento da proteína e que está associado a “tumores mais agressivos e com pior resposta terapêutica”, nos casos de cancros da tiroide, da bexiga e do sistema nervoso central.
 
Nas células normais, os telómeros (estruturas que existem na extremidade dos cromossomas) vão-se desgastando a cada ronda da divisão celular, “levando a que a célula pare de se dividir quando ficam demasiado curtos” e morra, segundo o investigador. 
 
Nos casos mais agressivos de cancro da tiroide, da bexiga e do sistema nervoso central, as células tumorais vão-se dividindo indefinidamente, porque conseguem reativar a telomerase, produzindo esta em excesso.
 
“Os tumores que têm esta alteração vão necessitar de mais tratamentos, tratamentos alternativos”, revelou João Vinagre em declarações à agência Lusa, dando o exemplo do cancro da tiroide, em que serão necessárias “doses maiores de radioterapia”.
 
Atualmente, a sua equipa encontra-se a estudar séries de tumores maiores para confirmar o papel da telomerase no desenvolvimento dos cancros e aferir o seu potencial como marcador biológico, no sentido de ser usado para selecionar, por meio de análises ao sangue e à urina, casos mais agressivos de cancro e atuar sobre estes.
 
O Prémio Pulido Valente Ciência, no valor de dez mil euros, é atribuído desde 2013 pela Fundação da Ciência e Tecnologia e pela Fundação Professor Francisco Pulido Valente ao melhor trabalho publicado no domínio das Ciências Biomédicas por investigadores portugueses com menos de 35 anos e feito em laboratórios portugueses.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.