Investigação: Ratinhos revertem doença de Alzheimer
29 janeiro 2005
  |  Partilhar:

 

Um tratamento com anticorpos permitiu restaurar rapidamente a saúde das células nervosas do cérebro de ratinhos ao eliminar placas de péptidos que nelas se tinham acumulado, como acontece na doença de Alzheimer.
 

 

Um estudo divulgado nos Estados Unidos refere que essas placas gordurosas, constituídas por Péptido B. amilóide, são suspeitas de serem a verdadeira causa dessa degenerescência cerebral e de senilidade que hoje é irreversível.
 

 

Investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade de Washington em St. Louis (Missouri) - cujos trabalhos foram publicados na edição electrónica do Journal of Clinical Investigation datada de 05 de Janeiro - afirmam terem injectado um anticorpo que dissolveu aquelas placas em várias partes do cérebro dos ratinhos.
 

Mas embora os resultados obtidos sejam encorajantes, advertem os investigadores, terão ainda de ser comparados a estudos suplementares para determinar se ocorrem ou não efeitos semelhantes nos seres humanos.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.