Investigação médica portuguesa distinguida pelo MIT-Portugal

Estudo realizado pela Universidade de Coimbra

23 julho 2009
  |  Partilhar:

Uma investigação médica realizada no Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC) da Universidade de Coimbra venceu a competição das Bio-Innovation Teams (Bio-Teams), promovida pelo Programa MIT- Portugal, revelou uma notícia publicada no Diário de Notícias.

 

Com esta distinção, a plataforma científica desenvolvida sob a coordenação de João Malva, da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, soma já três prémios, dois nacionais e um internacional, obtidos num espaço de um ano.

 

A investigação premiada, que já decorre desde há quatro anos, tem por objectivo conhecer melhor o funcionamento das células e contribuir para a identificação e desenvolvimento de novos fármacos para a reparação cerebral. É de salientar que o resultado desta investigação se encontra já protegido por cinco patentes internacionais.

 

Na opinião de João Malva, o conhecimento do funcionamento das células poderá vir a possibilitar a "educação das células imaturas", estaminais, para gerarem neurónios que substituam os que se encontram danificados. "Em resumo, a plataforma permite avaliar, em simultâneo, um gigantesco número e diversidade de células e obter a informação detalhada do comportamento de cada uma", explicou João Malva.

 

Estas novas estratégias neuroprotectoras e de reparação cerebral poderão ser de maior relevância no tratamento de doenças neurodegenerativas, tais como as doenças de Alzheimer ou de Parkinson.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.