Investigação diz que bronzeado pode causar dependência

Estudo da Universidade de Washington

14 março 2007
  |  Partilhar:

 

Uma equipa de Dermatologistas da University of Washington e do Hospital & Regional Medical Center de Seattle, EUA, descobriu mais uma pista que ajuda a explicar a razão pela qual muitas pessoas procuram o “bronzeado perfeito”: estão viciadas na luz ultravioleta.
 

 

"O estudo teve como objectivo descobrir se certos indivíduos, particularmente aqueles que se classificam como frequentes expositores ao sol, exibem comportamentos de vício quanto ao bronzeamento", explicou a investigadora Robin Hornung, Dermatologista do Hospital & Regional Medical Center de Seattle.
 

 

Estudos anteriores mostraram que a luz ultravioleta (UV) do sol pode causar a libertação de endorfinas, neurotransmissores responsáveis pela sensação de prazer e bem-estar.
 

 

A equipa liderada por Hornung e Solmaz Poorsattar questionou 385 universitários sobre bronzeamento e perguntaram se esta era a primeira coisa que pensavam pela manhã.
 

 

Mais de 76% das mulheres disse que tentavam deliberadamente conseguir um bronzeado, ante 59% dos homens. Mais mulheres do que homens admitiram experimentar bronzeado artificial (por exemplo o uso de solários).
 

 

O estudo descobriu ainda que 18% dos alunos que admitiram a prática deliberada tiveram uma análise que pode ser comparada a uma desordem psicológica ou dependência semelhante à provocada pelo consumo de uma substância.
 

 

MNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.