Investigação da acção do vírus do sarampo contra VIH mostra “avanços promissores”

Dados revelados na conferência promovida pela Comissão Europeia

24 novembro 2008
  |  Partilhar:

Um grupo de cientistas europeus está a estudar o possível uso do vírus do sarampo no desenvolvimento de uma vacina contra o vírus da SIDA (VIH), tendo obtido “avanços promissores” dois anos antes da data prevista para o final da investigação.
 

 

O projecto, financiado pela Comissão Europeia (CE), pretende dar “um novo enfoque” à prevenção da SIDA, testando um derivado do vírus do sarampo, empregue numa vacina contra o VIH, explicou o líder da investigação, Gérard Voss, durante a conferência internacional da CE, sob o tema “Research on HIV/AIDS, Malaria and Tuberculosis”, realizada na semana passada em Bruxelas.
 

 

A nova modificação genética do vírus do sarampo oferece “uma combinação única de segurança e eficácia”, mas ainda é preciso provar a sua imunogenicidade em pacientes que já tenham sido vacinados contra o sarampo. Na primeira fase, o projecto analisará os efeitos em voluntários seronegativos, depois será testado em pacientes seropositivos.
 

 

Em 2010, data prevista para o final do programa, será possível reunir um conjunto de “informação clínica para decidir se se deve continuar com o seu desenvolvimento”, disse Voss, investigador da farmacêutica GlaxoSmithKline.
 

 

Alert Life Sciences Computing, SA
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.