Investigação: Cirroses provocadas por hepatite C podem ser reversíveis
05 maio 2002
  |  Partilhar:

De acordo com um estudo realizado por uma equipa internacional de investigadores, as cirroses provocadas pela hepatite C são reversíveis e podem retroceder com um tratamento combinado de ribavarina e interferão peguilado (de acção prolongada).
 

 

A equipa, liderada pelo professor Thierry Poynard, do hospital parisiense Pitié-Salpetrier, estudou mais de três mil doentes com hepatite C que seguiram tratamentos diferentes com ribavarina (um retroviral), interferão (simultaneamente um antiviral e modulador de defesas imunitárias) ou associações dos dois.
 

 

Como primeiro resultado, as lesões hepáticas de tipo fibrilhar pararam ou melhoraram durante o tratamento.
 

 

Os melhores resultados, com até 73 por cento de respostas positivas, foram obtidos com uma combinação de ribavirina e interferão peguilado, indica o estudo, publicado na edição de Maio da revista "Gastroenterology", realizado com o apoio do laboratório farmacêutico Schering-Plough.
 

 

"O que realmente nos surpreendeu foi a taxa de regressão das cirroses, conseguida em quase metade dos casos", indicou Poynard, sublinhando que mesmo os doentes num estado avançado da hepatite se podem submeter a este tratamento.
 

 

Outro estudo do professor Stanislas Pol, do hospital parisiense Necker, confirmou que naquelas pessoas que respondem ao tratamento da cirrose, tanto do tipo viral A ou B como a ligada a uma doença auto-imune, esta retrocede em cerca de 30 por cento dos casos.
 

 

No caso das cirroses de origem alcoólica, apenas se observou um caso de reversibilidade.
 

 

Actualmente, a hepatite C afecta mais de 170 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais 80 por cento sofrem de hepatite crónica, entre 10 a 20 por cento desenvolvem cirroses e entre 1 e 5 por cento contraem cancro do fígado.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.