Invernos longos tornaram os cérebros maiores

Estudo da Universidade de Oxford

12 agosto 2011
  |  Partilhar:

Os seres humanos que vivem em latitudes elevadas têm olhos e cérebros maiores para lidarem com a pouca luz durante os longos invernos e os dias nublados, refere um estudo britânico, apresentado no “Royal Society's Biology Letters”.

 

A equipa da Universidade de Oxford disse, no entanto, que o facto de possuírem cérebros maiores não tornou as pessoas mais inteligentes.

 

Para o estudo, os investigadores mediram a órbita ocular e o volume dos cérebros de 55 crânios de 12 populações em todo o mundo, e compararam os resultados com a latitude em que as pessoas viveram.

 

Os cientistas do Instituto de Antropologia Cognitiva e Evolutiva analisaram crânios que se encontram em museus, de populações indígenas que vão da Escandinávia à Austrália, Micronésia e América do Norte.

 

Da análise verificaram que as cavidades do cérebro maiores eram provenientes da Escandinávia, enquanto as menores vinham da Micronésia.

 

A equipa teve em conta o tamanho total do corpo de cada indivíduo através da medição do forame magno (abertura na parte basal do osso occipital por onde a espinal medula se torna contínua com a medula oblonga).

 

Os cientistas concluíram que, à medida que diminuem os níveis de luz os seres humanos ficam com cavidades dos olhos maiores, o que sugere que os seus globos oculares ficam maiores, de modo a aumentarem a capacidade da visão.

 

A descoberta indica, segundo os cientistas, que os seres humanos estão sujeitos às mesmas tendências evolutivas que originaram olhos relativamente grandes nos pássaros como as corujas, que se alimentam à noite. O estudo será aprofundado com a análise de mais amostras.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.