Inundações provocam doenças no sul da Ásia

Encefalite e cólera alastram no continente

06 agosto 2002
  |  Partilhar:

A Ásia continua a ser um dos continentes mais fustigados pelas mais variados problemas. Desta vez, uma epidemia de doenças transmitidas pela água atingiu partes do sul do continente, onde a devastação causada pelas chuvas da monção já deixou mais de 600 mortos e milhares de desabrigados.
 

 

No Estado de Assam, a nordeste da Índia, mais de 500 pessoas contraíram encefalite - que causa inflamação no cérebro- e outras doenças transmitidas pela águas das enchentes.
 

 

O ministro da Saúde de Assam, Bhumidar Burman, alertou a comunidade internacional para o facto de todos os dias, entre 15 a 20 pessoas, serem internadas em hospitais no leste do Estado. «Os hospitais estão sobrelotados com pacientes infectados com a doença. E a maioria das crianças já foi infectada».
 

 

Segundo o responsável, pelo menos 90 pessoas, incluindo 40 crianças, morreram de encefalite nas duas últimas semanas em Assam. A doença afectou oito dos 23 distritos do Estado. No Nepal, sete pessoas morreram de diarreia, segundo as autoridades. Em Bangladesh também há um surto de diarreia, com a contaminação da água corrente e da comida pelas enchentes.
 

 

Profissionais de emergência de entidades beneficentes internacionais continuam a chegar à região para conter os riscos de uma epidemia de icterícia, encefalite e gastrenterite.
 

 

Cólera na Nigéria
 

 

Enquanto a Ásia tenta conter as múltiplas doenças, no estado de Kebbi (norte da Nigéria), pelos menos 20 pessoas morreram de cólera.
 

 

O delegado de Saúde do estado de Kebbi, Ibrahim Mai-Ahua, anunciou que 150 pessoas doentes estão hospitalizadas em Gulma, a 50 quilómetros de Birnin-Kebbi, a capital de Kebbi.
 

 

As primeiras informações desde o início da epidemia, que começou na semana passada, destacam sintomas como vómitos e diarreias.
 

 

Uma equipa médica foi enviada para o local e o Governo lançou uma campanha de protecção sanitária, aconselhando os habitantes das regiões afectadas a lavar as mãos com sabão, desinfectar os alimentos, não comerem alimentos crus e não beber água não potável.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.