Interrupções da gravidez custaram ao Estado três milhões de euros

Dados do Ministério da Saúde divulgados pelo “Correio da Manhã”

11 fevereiro 2010
  |  Partilhar:

No primeiro semestre de 2009, foi realizada uma média diária de 55 IVG (interrupções voluntárias da gravidez), o que perfaz, segundo o “Correio da Manhã”, quase 10 mil intervenções.

 

De acordo com dados do Ministério da Saúde, citados pela mesma publicação, as 6.712 IVG realizadas nos serviços públicos custaram ao Estado cerca de três milhões de euros. De Janeiro a Junho de 2009, realizaram-se mais 507 abortos do que em período semelhante de 2008, segundo os mesmos dados.

 

A maioria das IVG (6.483) foi efectuada pelo método medicamentoso, tendo custado ao Estado 341 euros. Pelo método cirúrgico foram efectuadas 211 IVG: cada uma custa 444 euros ao SNS. Em caso de internamento, os custos sobem para 829 euros (medicamentoso) e 1.074 euros (acto cirúrgico).

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.