Internet resolve problemas de virilidade masculina?
28 abril 2002
  |  Partilhar:

Vuka Vuka? Se está interessado, o mais fácil é ir pelos seus dedos. Numa altura em que se estima em 322 milhões o número de homens que terá disfunção eréctil em 2025, por via do envelhecimento da população, a Internet revela-se terreno fértil para o abate dos tabus da masculinidade.
 

 

Na categoria dos produtos "usados por reis e guerreiros africanos durante séculos", além do Vuka Vuka (o "Viagra natural de África", que, no dialecto shona do Zimbabwe, significa "acordar, acordar"), há ainda o Vuka Nzuki ("acordar o touro"), o Vuka 2000, o Yohimbe, o Tribulus. African Fly ("mosca africana"), "uma rara mistura de poderosas ervas", surge como a "fórmula" de aumento "mais forte do mundo". Já o Viriplant, à base de uma raiz chamada Éwé de Adji Kou ("para brincar"), também "é válido para levantar o moral". Vá-se lá saber porquê, as referências a África são recorrentes.
 

 

No mercado asiático, destaca-se o Pasak Bumi ("afrodisíaco da Indonésia", que, na Malásia, se chama Tongkat Ali, o "pau de Ali") e o chinês Big Brother Wei.
 

 

Na lista dos "diversos", impõe-se o Squirrel's Jump, porque, alegadamente, os esquilos, aos saltinhos, são muito dados ao contacto amoroso.
 

 

Na Internet, as palavras, ora truculentas, ora irónicas, revelam-se fundamentais para vender o produto. Neste mundo dos "medicamentos discretos", mas também dos "tónicos psicadélicos e malandrecos" (psychadelic and naughty tonics), entregues ao domicílio em "embalagens discretas", "o seu prazer é o nosso negócio", garantem eles, omitindo que, não raras vezes, estão a vender placebos ou, pior, substâncias susceptíveis de causar dano à saúde.
 

 

Veja mais no: Diário de Notícias
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.