Internamento por doença respiratória aumentou 15%

Relatório do Observatório Nacional das Doenças Respiratórias

28 outubro 2009
  |  Partilhar:

O número de hospitalizações decorrentes de doenças respiratórias aumentou cerca de 15% em cinco anos, ocupando, em 2008, 19,7% do total dos internamentos médicos, mais 6% que em 2003, revela um relatório do Observatório Nacional das Doenças Respiratórias.

 

Segundo o documento, divulgado esta semana, em 2008 foram internadas 73.880 pessoas que tinham como diagnóstico principal uma doença respiratória, o que representa um aumento de 14,8% em relação a 2003. O peso das pneumonias nos internamentos hospitalares continua a aumentar: em 2008 registaram-se 50.890 hospitalizações (8,7% dos internamentos), um aumento de 18,9% face a 2003 (7,9%).

 

Os internamentos por doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC) são a segunda causa de internamento por doença respiratória. No ano passado, foram internados com este diagnóstico principal 9.301 doentes. Também os internamentos por cancro do pulmão têm aumentado de forma consistente. Foram 6.870 em 2008, um aumento de 22% em cinco anos. Por sua vez, diminuíram os internamentos hospitalares por tuberculose e por asma neste período (32,7 e 11,8%, respectivamente).

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.