Insulina por inalação?

Estudos avançam com nova forma de tratamento para diabéticos

14 abril 2002
  |  Partilhar:

Esta pode ser uma verdadeira revolução para quem sofre de diabetes. Estudos recentes tem vindo a acrescentar mais dados sobre um novo fármaco que substitua a tradicional injecção de insulina.
 

 

Quem é insulino-dependente sabe o desconforto e perda de autonomia que a injecções diárias produz na vida. O novo meio de tratamento é um inalador que está a ser desenvolvido por uma equipa de cientistas norte-americana.
 

 

Por isso, a injecção de insulina que os diabéticos têm que tomar diariamente antes das refeições pode se tornar uma coisa do passado. No entanto, o novo medicamento não substituí de todo as injecções. Caso seja comercializado, os doentes passam a usar os inaladores três vezes por dia e apenas uma única injecção antes de dormir.
 

 

A diabetes mellitus ou tipo I, em que o paciente não produz insulina e depende de injecções diárias para sobreviver, afecta cerca de 10 a 25 por cento dos 130 milhões de diabéticos de todo o mundo.
 

 

Apesar do optimismo, muitos especialistas têm recebido os resultados dos estudos com muita cautela. Edwin Gale, professor de medicina da diabetes da Universidade de Bristol, Grã-Bretanha, acha que os resultados deste estudos são promissores, mas o grupo estudado - de 73 pacientes com diabetes mellitus ou tipo I - é muito reduzido.
 

 

Em declarações à BBC, Gale comenta que a diabetes "altera todo o contexto de vida da pessoa. Muda a auto-imagem, as relações sociais, a vida diária, esperanças e sonhos".
 

 

Segundo o especialista, "a seringa não é apenas uma necessidade aborrecida, mas um símbolo da sua ligação com um parasita invisível".
 

 

Formas menos graves de diabetes - chamadas de tipo II- podem ser controladas por dieta, exercícios e medicamentos.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.