Insuficiência cardíaca: células estaminais podem ser a chave

Estudo publicado no “Journal of the American College of Cardiology”

26 julho 2012
  |  Partilhar:

Investigadores americanos conseguem rejuvenescer tecido cardíaco envelhecido e danificado através da modificação das células estaminais. O estudo publicado no “Journal of the American College of Cardiology” poderá conduzir assim ao desenvolvimento de novos tratamentos para os pacientes com insuficiência cardíaca.
 

“Uma vez que a insuficiência cardíaca atinge indivíduos idosos, as suas células cardíacas estaminais não são muito saudáveis”, revelou em comunicado de imprensa, uma das autoras do estudo, Sadia Mohsin.
 

Neste estudo os investigadores retiraram células estaminais de idosos e modificaram-nas com uma proteína que promove a sobrevivência e crescimento celular, a PIM-1. As células rejuvenesceram quando as células estaminais modificadas aumentaram a atividade de uma enzima, a telomerase, que aumenta o comprimento de umas estruturas que se encontram nas extremidades dos cromossomas, os telómeros.
 

“Não há dúvida que as células estaminais podem ser utilizadas para combater o processo de envelhecimento das células cardíacas causado pela degradação dos telómeros”, referiu a investigadora.
 

Os investigadores verificaram que esta técnica aumenta a atividade e o comprimento dos telómeros, bem como a proliferação das células estaminais, um passo essencial no combate da insuficiência cardíaca.
 

“Atualmente os pacientes com insuficiência cardíaca têm apenas à sua disposição medicação, transplante cardíaco ou terapia com células estaminais com um potencial de regeneração moderado, mas esta modificação representa um avanço significativo no tratamento”, conclui Sadia Mohsin.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.