Instituto Português de Reumatologia pode fechar as portas

Direcção e doentes do IPR alertam para falta de apoios

26 fevereiro 2002
  |  Partilhar:

O Instituto Português de Reumatologia (IPR) promove amanhã, às 10h30m, na Rua da Beneficiência nº 7 (frente ao Hospital Curry Cabral), uma conferência de imprensa com objectivo de disponibilizar todos os dados sobre o actual estado de alerta que se vive no IPR.
 

 

Durante a iniciativa será apresentado um documento com as actuais carências do Instituto que, de acordo com os seus responsáveis, poderão levar, a breve prazo, ao encerramento do maior centro médico português para doentes reumáticos.
 

O IPR recebe anualmente mais de 60 mil doentes reumáticos sendo que em 2001 foram contabilizadas cerca de 23 mil consultas.
 

 

Na conferência, que irá contar com a presença da actual direcção do IPR, médicos e doentes, serão referidas também algumas das iniciativas previstas para sensibilizar as entidades governamentais. Em Portugal, segundo dados da
 

Liga Portuguesa Contra as Doenças Reumáticas, estimam-se mais de 2 milhões doentes reumáticos.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.