Inquéritos telefónicos vão aferir casos de gripe A

Iniciativa da Direcção-Geral da Saúde arranca este mês

06 abril 2010
  |  Partilhar:

Com o objectivo de conseguir uma estimativa mais real do número de pessoas afectadas pela gripe A (H1N1), a Direcção-Geral da Saúde (DGS) vai durante este mês fazer um inquérito através do telefone a cerca de 5 mil portugueses.

 

O inquérito telefónico irá aferir o número de doentes atingidos pelo vírus H1N1 para além dos que recorreram ao Serviço Nacional de Saúde.

 

"Só conhecemos uma ponta do icebergue, porque só conseguimos medir aqueles que recorreram aos serviços públicos de Saúde", explicou à agência Lusa Mário Carreira, coordenador da DGS para a monitorização dos serviços de urgência, acrescentando ter havido "pessoas que ou não foram aos serviços de Saúde ou foram aos privados. É esta estimativa que pretendemos fazer".

 

Os contactos serão feitos quer por telefone fixo quer por telemóvel e pretendem apurar episódios gripais no agregado familiar. Depois de concluídos os inquéritos, a DGS irá elaborar um relatório relativo ao estudo, que não deverá estar concluído antes de meados de Maio.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.