Injecção de cortisol pode ajudar no tratamento de fobias

Estudo publicado na Proceedings of the National Academy of Sciences

29 março 2006
  |  Partilhar:

 

Investigadores suíços propõem um novo tratamento para fobias baseado em injecções de cortisol – uma hormona ligado ao stress, de acordo com um estudo publicado na Proceedings of the National Academy of Sciences.
 

 

Conduzido pelo cientista Dominique de Quervain, da Universidade de Zurique, Suíça, o estudo avaliou o efeito das injecções de cortisol em pessoas com aracnofobia. Segundo o cientista, a hormona permitiu aos pacientes lidarem melhor com a fobia a aranhas.
 

 

De acordo com o resumo do estudo, o objectivo do investigador foi explorar a capacidade da hormona do stress de bloquear as memórias de medo – acredita-se que a hormona seja capaz de interromper o fluxo de sangue para partes do cérebro que reavivam as memórias, impedindo, assim, que a pessoa aceda ao seu “reservatório” de lembranças negativas.
 

 

Numa segunda fase do estudo, o cientista avaliou o efeito da nova proposta terapêutica em pessoas com fobia social – após tomar a injecção, os voluntários com essa fobia conseguiram sair-se bem em simulações de entrevistas de emprego, nas quais tiveram que se expor a entrevistadores hostis.
 

 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.