Inflamação: a ponte entre a vitamina D e o cancro da próstata?

Estudo publicado na revista “Prostate”

27 outubro 2014
  |  Partilhar:

Investigadores americanos descobriram que a inflamação pode ser a ponte entre o cancro da próstata e a vitamina D. O estudo publicado na revista “Prostate” constatou que o gene GDF-15, cuja expressão é aumentada pela vitamina D, está ausente nas amostras de cancro da próstata despoletado pela inflamação.
 

Estudos anteriores já tinham constatado que a vitamina D inibia o crescimento das células cancerígenas da próstata. Contudo, ainda não tinha sido provado que esta vitamina poderia funcionar como agente anticancerígeno.
 

Neste estudo, os investigadores da Universidade do Colorado, nos EUA, decidiram averiguar quais os genes que a vitamina D ativava ou inativava no cancro da próstata. Uma vez que esta vitamina aumenta a expressão do GDF-15, resolveram investigar se este gene era o mecanismo através do qual a vitamina D atuava neste tipo de cancro.
 

Inicialmente, os investigadores liderados por M. Scott Lucia pensavam que o GDF-15 estaria presente em níveis elevados nos tecidos saudáveis e em níveis baixos nos tecidos cancerígenos. Contudo, o que verificaram foi que a expressão do gene GDF-15 na próstata não coincidia com as zonas de tecido saudável e tumoral. Pelo contrário, encontrava-se uniformemente baixa nos tecidos da próstata com inflamação.
 

“Acredita-se que a inflamação esteja associada ao desenvolvimento de muitos tipos de cancros, incluindo o da próstata, gástrico e do cólon. Assim, o GDF-15 pode ajudar a manter os tecidos saudáveis – ele suprime a inflamação”, referiu, em comunicado de imprensa, o primeiro autor do estudo, James R. Lambert.
 

O estudo apurou ainda que o GDF-15 suprimia a inflamação através inibição de um complexo proteico conhecido por NFkB, o qual é conhecido por promover a inflamação e contribuir para a formação e crescimento do tumor.
 

“Tem havido uma grande quantidade de estudos em torno da inibição do NFkB” refere Lambert. Agora que se percebeu como a vitamina D atua no cancro da próstata, estes resultados “podem ter implicações importantes no tratamento de cancros muito para além do da próstata”, conclui o investigador.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.