Infecções normais na grávida ou na criança podem desencadear Cancro na infância

Estudo publicado no European Journal of Cancer

04 dezembro 2006
  |  Partilhar:

 

As infecções comuns que afectam grávidas e recém-nascidos podem ter um papel importante no desenvolvimento de certas doenças, tais como o cancro, alerta um estudo publicado na revista especializada European Journal of Cancer.
 

 

O estudo, liderado por Richard McNally, da University of Newcastle, na Grã-Bretanha, analisou três mil casos de cancro infantil, em crianças dos zero aos 14 anos, num período entre 1954 e 1998.
 

 

Foi descoberto que dois tipos de cancro, Leucemia e Cancro no Cérebro, ocorriam repetidamente em crianças, em épocas e localizações geográficas específicas. Este "agrupamento espaço-temporal" dos casos é um padrão típico de Doenças Infecciosas, o que dá peso à teoria de que as epidemias poderiam ter relação com o aparecimento de casos de Cancro.
 

 

"Descobrimos que o local de nascimento era particularmente importante, o que sugere que uma infecção na mãe, durante a gravidez, ou na criança, nos seus primeiros anos de vida, pode ser um factor desencadeador de Cancro", disse Richard McNally, líder da investigação.
 

 

"Estas podem ser doenças comuns, sem gravidade, que não são nem mesmo motivo de consulta com o médico, como uma constipação, uma gripe fraca ou um vírus no sistema respiratório", explicou o cientista, acrescentando que "De qualquer forma isto pode levar ao cancro apenas em indivíduos que já possuem células mutantes, dado que o vírus pode atingir esta célula mutante e causar uma segunda mutação, estimulando o início de casos de cancro como Leucemia ou Tumor no Cérebro".
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.