Infecção hospitalar em dois doentes no Amato Lusitano

Hospital de Castelo Branco monitoriza situação

01 setembro 2005
  |  Partilhar:

 

 

 

Dois doentes internados no Hospital Amato Lusitano (HAL), em Castelo Branco, estão a ser monitorizados devido a uma infecção hospitalar pela bactéria Acinetobacter, anunciou quinta-feira, dia 1 de Setembro, a administração daquela unidade de saúde.
 

 

Num comunicado divulgado, é referido que as situações se encontram "presentemente controladas e devidamente monitorizadas".
 

 

"Foram tomadas as medidas recomendadas pela Comissão de Controle de Infecção emanadas pelo Plano Nacional de Controle de Infecção, no que se refere, quer ao tratamento, quer à prevenção, incluindo o isolamento de contactos", refere o documento. A administração garante que o HAL "tem mantido o seu normal funcionamento".
 

 

Para além dos dois doentes submetidos a cirurgias abdominais e em que foi detectada a bactéria, estão também a ser feitas análises a outros dois pacientes do serviço de diálise daquela unidade de saúde. A administração adianta que os antibióticos administrados aos doentes surtiram efeito.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI- Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.