Infeção por coronavírus ainda não é uma emergência mundial

Comunicado da OMS

19 julho 2013
  |  Partilhar:

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou que a atual infeção provocada pela síndrome respiratória do Médio Oriente, conhecido como novo coronavírus, é séria e preocupante mas não constitui uma emergência sanitária mundial.
 

A notícia avançada pela agência Lusa refere que o comunicado emitido em Genebra após uma reunião do comité de urgência desta agência da ONU, refere-se ter sido indicado que atualmente não existe qualquer razão para aumentar o estado de alerta.
 

“Em função das informações disponíveis, o comité decidiu por unanimidade […] que não estão reunidas no momento presente as condições para desencadear uma ação de urgência de saúde pública de nível internacional”, referiu a OMS no comunicado.
 

A reunião de urgência, que assumiu a forma de uma conferência telefónica de responsáveis de todos os países abrangidos e de peritos, decorreu em duas fases. O encontro decorreu num momento em que aumenta a inquietação sobre o potencial impacto da peregrinação tradicional a Meca em outubro, e que atrai milhões de muçulmanos de todo o mundo à Arábia Saudita.
 

O vírus MERS, abreviação para “síndrome respiratória do Médio Oriente”, fez a sua primeira vítima na Arábia Saudita em junho de 2012. Desde então foram registado 82 casos no mundo, dos quais 65 na Arábia Saudita. Os outros casos afetaram pessoas que viajaram para o Médio Oriente.
 

A Arábia Saudita é igualmente o país que registou 38 dos 45 casos de morte motivados por esta doença. Os peritos tentam entender as características deste vírus, que não se dissemina rapidamente mas é mortal em 55% dos casos.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.