INEM sem helicópteros Kamov para transporte de doentes durante mais de um mês

Paragem relacionada com passagem para empresa Everjets

28 abril 2015
  |  Partilhar:
O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) deixou recentemente de ter disponíveis dois helicópteros Kamov utilizados para o transporte de doentes e esta indisponibilidade deverá manter-se durante as próximas seis semanas, revelou uma fonte daquele organismo à agência Lusa.
 
O INEM normalmente utiliza dois helicópteros, com base em Loulé e Santa Comba Dão, para transportar doentes, interrompendo normalmente este serviço durante a época de fogos florestais.
 
Este ano, contudo, essa interrupção ocorreu semanas antes da época de incêndios e, segundo notícia da rádio TSF, tal está relacionado com a transferência de gestão dos helicópteros da Autoridade Nacional de Proteção Civil para a empresa Everjets, que ganhou este ano o concurso público de operação e manutenção dos aparelhos. 
 
De acordo com a TSF, a Everjets “precisa de seis semanas para ajustar os procedimentos para voar com os helicópteros Kamov".
 
Entretanto, para suprir as necessidades durante a ausência temporária dos dois helicópteros, o INEM informou em comunicado, ao qual a Lusa teve acesso, que está a utilizar uma aeronave Agusta 109 (da Base Aérea de Beja) para toda a região sul do país e reforçou a assistência na zona de Beja com uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER). 
 
Na região de Santa Comba Dão, o dispositivo de emergência foi colmatado também com mais uma VMER.
 
A empresa Everjets vai ser responsável pela operação e manutenção dos helicópteros Kamov do Estado nos próximos quatro anos, depois de ter vencido concurso público de valor superior a 46 milhões de euros.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A. 
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.