INEM propõe menos tripulantes por ambulância de socorro
02 outubro 2004
  |  Partilhar:

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) propôs a redução de três para dois tripulantes por ambulância de socorro, o que obriga à alteração da legislação da lei em vigor, anunciou na semana passada o presidente daquele organismo.O presidente do INEM, Cunha Ribeiro, falava durante a cerimónia de entrega de 25 novas ambulâncias a corporações de bombeiros de 11 distritos portugueses. Na cerimónia esteve presente o ministro da Saúde, Luís Filipe Pereira, que, aos jornalistas, confirmou a proposta do INEM, que já está a ser estudada pela equipa que dirige.O número de tripulantes por ambulância de socorro tem gerado polémica, nomeadamente desde que a Associação Portuguesa de Medicina de Emergência (APME) acusou o INEM de praticar ilegalidades no equipamento e tripulação das suas viaturas de assistência.Num memorando que a APME entregou ao Presidente da República, Jorge Sampaio, durante a Semana da Saúde, a associação afirma que «as novas ambulâncias» do INEM «não cumprem a lei, pois só operam com dois elementos».A portaria 1147/2001, com as alterações acrescentadas pela portaria 1301/2002, determina que nas ambulâncias de socorro estejam presentes três tripulantes, tendo obrigatoriamente o dirigente da equipa - que não pode ser o condutor -, o curso de tripulante de ambulância de socorro (TAS).É precisamente esta legislação que o INEM quer alterar. Cunha Ribeiro refuta as críticas e garante que as ambulâncias são tripuladas por pessoas preparadas e competentes. No entanto, reconhece que a presença de três tripulantes que a lei estabelece nem sempre é cumprida. «Não podemos ter a ilusão de ter um sistema ideal», disse. Actualmente, o INEM tem 250 ambulâncias.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.