Incineradora do Júlio de Matos com emissões fora dos limites admissíveis

IGAOT manda encerrar estabelecimento de saúde

29 março 2007
  |  Partilhar:

 

A Inspecção-Geral do Ambiente e do Ordenamento do Território (IGAOT) mandou encerrar a incineradora do Hospital Júlio de Matos, no prazo de três dias, a contar de quinta-feira, por ter apresentado emissões de dioxinas e furanos 30 vezes acima do limite admissível.
 

 

Num despacho do inspector-geral, a que a Lusa teve acesso, refere-se que o elevado nível de emissões resulta numa "situação de perigo grave para a saúde e ambiente" pelo que foi determinada a suspensão do funcionamento da incineradora de resíduos hospitalares, em Lisboa, até que seja garantido o cumprimento dos valores legalmente estabelecidos.
 

 

Em declarações à SIC, Isabel de Santiago, porta-voz do Serviço de Utilização Comum dos Hospitais (SUCH), entidade que explora aquela unidade de queima, adiantou que a incineradora vai suspender o funcionamento no prazo requerido, mas vai voltar a laborar nos dias 2 e 3 de Abril para que sejam recolhidas novas amostras.
 

 

Segundo a mesma responsável, as amostras em que foram detectados valores de dioxinas e furanos acima do legalmente estabelecido, foram recolhidas pelo Instituto de Ambiente e Desenvolvimento (IDAD) entre 11 e 15 de Fevereiro, numa altura em que estava a ser feita a troca de filtros na incineradora.
 

 

A incineradora do Hospital Júlio de Matos está a funcionar com uma licença provisória atribuída pela Direcção-Geral de Saúde (DGS), explicou Isabel de Santiago. O licenciamento definitivo só será atribuído depois de verificado se estão a ser cumpridas as condições impostas pelo secretário de Estado do Ambiente, Humberto Rosa, na declaração de impacto ambiental (DIA) favorável que deu à requalificação daquela unidade de queima.
 

 

A queima de resíduos nesta incineradora, a única em Portugal que trata resíduos hospitalares perigosos, esteve suspensa entre Junho e Novembro do ano passado, devido a uma explosão.
 

 

Fontes: SIC e Lusa
 

MNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.