Incidência de Asma aumenta no início da idade adulta

Estudo publicado na revista “The Lancet”

05 outubro 2008
  |  Partilhar:

Um estudo publicado na revista “The Lancet” avaliou factores desencadeantes de asma, desde o nascimento e até aos 22 anos, e revela que a asma diagnosticada nos jovens adultos tem origem no início da infância.  

 

Ao longo desse período foram acompanhados 849 indivíduos. O estudo realizado por investigadores do Arizona Respiratory Center, University of Arizona, nos EUA, revela que a incidência média de asma, entre os 16 e 22 anos, foi de 12,6/1.000 pessoas-ano.  

 

Vinte e sete por cento dos casos de asma activa aos 22 anos foram diagnosticados recentemente, sendo 71% mulheres. O estudo liderado por Stern D revela que a resolução da asma aos 22 anos foi maior em homens do que em mulheres.  

 

A idade do diagnóstico foi linearmente associada à razão entre o volume expiratório forçado num segundo e a capacidade vital forçada, aos 22 anos.  

Os factores associados de forma independente à asma crónica aos 22 anos incluíram: início aos seis anos, pieira persistente, sensibilização a “Alternaria alternata”, pior função respiratória e hiperreactividade brônquica aos seis anos.  

 

Alert Life Sciences Computing, SA  

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.