Incêndios: fumo é altamente cancerígeno

340 mil mortes anualmente no mundo inteiro

30 agosto 2013
  |  Partilhar:

Os incêndios que se repetem, irremediavelmente, todos os anos de norte a sul do país podem ser extremamente nocivos para a saúde pública, confirma um estudo de cientistas portugueses.

 

O estudo conduzido pelo Centro de Estudos do Ambiente e do Mar da Universidade de Aveiro, no meio das equipas de combate aos fogos florestais, veio deixar um alerta para o impacto desta calamidade sazonal que, para além do flagelo ambiental é também “prejudicial para a saúde humana”.

 

Segundo a investigadora Célia Alves os incêndios “emitem grandes quantidades de dióxido de carbono e contribuem muito para o aquecimento global”. As “emissões resultantes dos incêndios encontram-se mal quantificadas e caracterizadas, acrescenta ainda. “Entre os compostos que analisámos foi detetada a presença de hidrocarbonetos aromáticos policíclicos”, uma substância “altamente cancerígena”. Os hidrocarbonetos aromáticos policíclicos são “de natureza ultrafina” e “apresentam uma elevada capacidade de penetração nas vias respiratórias”.

 

Os investigadores depararam-se com vários tipos de obstáculos para levarem a cabo o estudo: as dificuldades e os perigos associados á presença dos investigadores no terreno associaram-se a entraves orçamentais de investimento nesta área científica. Uma campanha de recolha de amostras levada a cabo em dois Verões teve o custo de 100 mil euros. A análise das amostras é também demorada, obtendo-se o primeiro resultado apenas ao fim de cerca de dois meses.

 

Estes métodos contrastam com os dos EUA, por exemplo, onde existem meios para os investigadores sobrevoarem uma área florestal onde esteja a decorrer um incêndio e proceder à recolha de amostras de fumo.

 

O primeiro estudo a calcular a mortalidade associada a fogos florestais, em 2012, indicava que este fumo era responsável por quase 340 mil mortes por ano no planeta.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.