Implantes cocleares pediátricos: Hospitais de Coimbra sem lista de espera

Anunciou Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra

28 outubro 2014
  |  Partilhar:
As cirurgias para implantes cocleares pediátricos, que permitem uma sensação auditiva próxima do fisiológico em crianças com deficiência auditiva, deixou de ter uma lista de espera, de acordo com o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC).
 
O comunicado, ao qual a agência a Lusa teve acesso, refere que a 23 de outubro foi operada a última criança que se encontrava em lista de espera no CHUC para ser submetida a cirurgia para implante coclear. Esta foi a primeira vez que tal sucedeu, tendo esta criança esperado "dois meses" para essa mesma cirurgia
 
De acordo com o CHUC, há mais duas cirurgias programadas e dez crianças estão em fase de estudo como candidatas a receber um implante coclear.
 
A Unidade Funcional de Implantes Cocleares, integrada no Serviço de Otorrinolaringologia do CHUC, colocou, em 2013, 40 implantes, e em 2014 o número de implantes a colocar "será de 60", havendo a projeção de aumentar o número para 70, em 2015.
 
O CHUC referiu ainda que "o programa de implantes cocleares dá prioridade aos doentes em idade pediátrica, mas inclui uma vertente de implantação em doentes adultos", com especial atenção à "presbiacusia" (perda de audição relacionada com a idade).
 
De acordo com o presidente do conselho de administração do CHUC, José Martins Nunes, o fim de lista de espera nos implantes cocleares pediátricos constitui "um enorme orgulho". Em causa, está "a luta contra a deficiência auditiva e a defesa da plena integração dos concidadãos com deficiência".
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.