Implante mamário relacionado ao suicídio

Estudo finlandês avalia 2.166 mulheres

08 maio 2005
  |  Partilhar:

 

 

Mulheres que aumentaram o tamanho dos seios por meio de cirurgia plástica são três vezes mais susceptíveis ao suicido, comparadas com aquelas que não se submeteram à operação, revelou um estudo finlandês publicado recentemente na revista americana Anais da Cirurgia Plástica.
 

 

O estudo feito com 2.166 finlandesas que colocaram implantes mamários durante o período entre 1970 e 2000 mostrou que 10 delas tinham-se suicidado, um número três vezes maior que a média nacional.
 

 

A explicação, segundo o líder do estudo Eero Pukkala, está relacionada com o facto dessas mulheres tentaram melhorar a sua auto-confiança e problemas mentais com implantes. «Mas isso certamente não funciona porque elas ainda contam com esta alta taxa de suicídio», explicou o especialista à agência France Presse.
 

 

«O que os cirurgiões plásticos devem dizer a essas mulheres, que acreditam fortemente que as operações melhorarão sua vida social, é que isso não acontece. Muitas vezes isto só piorará a depressão», disse, avisando que não se deve acreditar em tudo o que as revistas de moda referem.
 

 

Das 2.166 mulheres ouvidas no estudo, um total de 29 morreu, o que corresponde à média nacional. Os investigadores descobriram, no entanto, que era menor a incidência no grupo de mortes causadas por doenças de estilo de vida, como problemas cardiovasculares, segundo as estatísticas nacionais.
 

 

Pukkala afirmou que isto provavelmente se deve ao facto de as mulheres que colocam implantes serem mais preocupadas com a sua saúde e forma física e exercitam-se regularmente. As conclusões do estudo vão ao encontro de estudos similares. Um estudo sueco publicado no início do ano revelou que de 3.521 mulheres que colocaram implantes nos seios, 15 suicidaram-se, um número três vezes maior do que a média de cinco.
 

 

Traduzido e adaptado por:
 

Paula Pedro Martins
 

Jornalista
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.