Implante combate depressão crónica

Aparelho pode ajudar pacientes através de choques eléctricos

21 junho 2004
  |  Partilhar:

 

 

 

Norte-americanos com depressão crónica e que não encontram alívio em medicamentos ou na psicoterapia podem, em breve, receber o implante de um equipamento semelhante a um by-pass.
 

 

O equipamento fabricado pela empresa Cyberonics tem o tamanho de um cronómetro - inserido cirurgicamente no peito – que passa a enviar impulsos eléctricos através do nervo vago --um dos principais canais de comunicação com o cérebro.
 

 

Os choques eléctricos têm sido usados há muito tempo para curar depressões severas. No entanto, muitos críticos dizem que o tratamento é desumano e inseguro. Por outro lado, os médicos adeptos dos choques eléctricos dizem que a estimulação eléctrica foi aperfeiçoada nos últimos 70 anos e que representa uma esperança a pacientes que não respondem a antidepressivos ou à psicoterapia.
 

 

No caso do aparelho, o paciente recebe impulsos eléctricos suaves e contínuos que ajudam a estimular o cérebro e a recuperar o paciente da depressão, segundo a Cyberonics. «É um tipo de tratamento muito diferente do choque eléctrico», diz Sarah Lisanby, psiquiatra da Universidade de Columbia que trabalhou nos primeiros testes do aparelho.
 

 

De acordo com a especialista, um estudo mostrou que, em um ano, 12 por cento dos pacientes que receberam o implante apresentaram melhoras em metade dos sintomas de depressão. Um outro demonstrou que entre 21 e 30 por cento melhoraram um ano após o uso do aparelho.
 

 

 

Traduzido e adaptado por:
 

Paula Pedro Martins
 

Jornalista
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.