Imagens de beleza feminina perturbam adolescentes

«Mulher ideal» na publicidade causa revolta e insatisfação

15 julho 2002
  |  Partilhar:

A imagem de beleza feminina transmitida nos anúncios publicitários da televisão provoca revolta e insatisfação em relação ao seu próprio corpo nas adolescentes, segundo um estudo de cientistas australianos divulgado na sexta-feira.
 

 

«Ver anúncios de televisão que contêm imagens representando um ideal de mulher demasiado magra e irreal faz com que as adolescentes se sintam menos confiantes, mais revoltadas e mais insatisfeitas com o seu peso e aparência», explica Duane Hargreaves, director deste estudo na Flinders University, no sul da Austrália.
 

 

Os investigadores mostraram um conjunto de 40 anúncios televisivos a cerca de 400 adolescentes, rapazes e raparigas, do ensino secundário de uma escola em Adelaide. Os anúncios eram sobre roupa, comida, cosméticos, filmes e carros e constituíam uma amostra dos que eram transmitidos pela televisão australiana em Junho de 1999.
 

 

Metade dos estudantes viram anúncios variados enquanto a outra metade foi exposta a uma selecção de anúncios que enfatizavam a «mulher ideal» magra e atractiva. Antes e depois de verem os anúncios, os adolescentes respondiam a questionários sobre os seus hábitos ao ver televisão, a importância que davam à aparência e a ideia que tinham deles próprios e do seu corpo.
 

 

O resultado da pesquisa foi publicado recentemente no Journal of Social and Clinical Psychology. Revela que a maioria dos adolescentes sofrem de exposição excessiva à televisão pois vêem em média 2,7 horas de televisão por dia. Isso equivale a ver cerca de 96 anúncios.
 

 

Veja mais no: Diário Digital
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.