Imagens com texto mais eficazes no combate ao tabagismo

Estudo conduzido pela Universidade de Vancouver do Estado de Washington

09 abril 2015
  |  Partilhar:
Os perigos do tabagismo poderão ser mais bem veiculados quando apresentados sob a forma de texto e também de imagem a jovens adultos, indica um estudo norte-americano.
 
Publicado na “Annals of Behavioral Medicine”, o estudo veio aumentar a informação sobre a aprendizagem, em termos quantitativos, de indivíduos relativamente à informação apresentada sobre os produtos de tabaco nas embalagens dos mesmos.
 
O estudo conduzido por Renee Magnan incidiu sobre jovens adultos com idades compreendias entre os 18 e os 25 anos. Os jovens foram divididos em dois grupos, tendo-lhes sido pedido que participassem numa sondagem na internet sobre a quantidade de informação aprendida dos perigos do tabagismo. 
 
O primeiro grupo, constituído por estudantes de Psicologia, completou a sondagem com o propósito de obtenção de créditos no curso. O segundo grupo, que apresentava uma maior variedade, representava 48 dos 50 estados norte-americanos e os seus participantes tinham sido recrutados através de um serviço nacional de sondagens online
 
Foram apresentados rótulos que evidenciavam as consequências negativas de fumar, como o cancro do pulmão, pescoço, garganta e boca, doença cardíaca, vascular e acidente vascular cerebral, impotência e a problemas oculares.
 
Os participantes foram convidados a classificar cada rótulo em relação à compreensão do mesmo, conhecimento adquirido percebido, desencorajamento de fumar percebido e a que ponto o mesmo causava preocupação, após terem respondido a medidas de comportamento fumador e informação contextual.
 
De forma geral, os participantes de ambos os grupos consideraram que a combinação de texto e imagem fornecia uma compreensão pessoal significativamente melhor, bem como mais novos conhecimentos. Adicionalmente, a combinação de texto e imagem fez os jovens sentirem-se mais preocupados sobre as consequências do tabagismo e conduziu a um maior desencorajamento do tabagismo do que apenas rótulos com texto.
 
O estudo permite concluir que quanto mais informativos forem os rótulos maior será a possibilidade de as pessoas se preocuparem sobre as consequências do tabagismo e, assim, serem desencorajadas de o fazerem.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.