Idosos representam fatia de vítimas de maus-tratos

Fórum Gulbenkian da Saúde

13 maio 2009
  |  Partilhar:

Entre 2 a 6% da população idosa é vítima de alguma forma de maus tratos, segundo estudos europeus e norte-americanos analisados por um especialista em gerontologia, que esteve presente no Fórum Gulbenkian da Saúde "O Tempo da Vida - Viver Mais Viver Melhor".

 

Durante o fórum, Karl Pillemer, professor da Universidade de Cornell, nos EUA, disse que se estima que entre 1 a 3% da população idosa seja vítima de abusos físicos. Citado pela agência Lusa, o especialista lembrou que os maus tratos sobre os mais velhos podem assumir outras formas, como a violência psicológica (ameaçar que vão ser postos num lar, por exemplo), negligência, abusos sexuais ou exploração financeira. "O que as pesquisas mostram é que muitos adultos estão dependentes dos pais e exploram-nos. Podem ficar com os cheques das pensões, mas também pressioná-los para mudar o testamento ou transferir os bens".

 

De acordo com o especialista, dois quintos dos abusadores têm um historial de doenças mentais, enquanto quase metade dos familiares causadores de maus-tratos têm problemas de álcool ou drogas.

 

Contudo, o especialista realça que “os abusos são 99% curáveis” e que podem ser parados através dos mecanismos de prevenção e tratamento que são usados nos EUA, como a despistagem mediante inquéritos, serviços de protecção, programas educacionais dirigidos a profissionais e potenciais vítimas e serviços jurídicos.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.