Idosas obesas mais propensas a desenvolver Alzheimer

Cientistas avaliam voluntárias durante 18 anos

16 julho 2003
  |  Partilhar:

As mulheres de 70 anos que são obesas têm mais riscos de vir desenvolver a doença de Alzheimer, indica um estudo publicado esta semana.
 

 

Nos Estados Unidos, a doença está a tonar-se uma epidemia e a prevalência da obesidade subiu de 12 por cento nos adultos em 1991 para perto de 21 por cento em 2001.
 

 

Deborah Gustafson, a autora do estudo, e os seus colegas estudaram 226 mulheres e 166 homens que tinham 70 anos e que não apresentavam sinais de demência ou falta de memória. Os investigadores testaram o índice de massa corporal (BMI) de cada pessoa, uma medida do peso relacionado com a altura.
 

 

Durante 18 anos, período em que decorreu o estudo, em cada cinco anos, a equipa procurou vestígios da doença de Alzheimer, uma desordem cerebral progressiva que causa perda de memória e demência.
 

 

Uma análise revelou que as mulheres de 70 anos que tinham um BMI acima dos 29 tinham um maior risco de desenvolver a doença nos seus 80 anos. Uma mulher que pesa 90 quilos tem um índice de massa corporal de 29. Os especialistas classificam o BMI de 30 ou maior como obeso.
 

 

A média de BMI de mulheres que não tinham um risco elevado de desenvolver a doença era de 25. Os especialistas vão desenvolver agora um outro estudo destinado aos homens.
 

 

Nesta análise muitos dos homens morreram aos 80 anos, o que dificultou estabelecer uma ligação entre a doença de Alzheimer e a obesidade.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.