Identificados novos genes implicados no Cancro da Próstata

Trabalho publicado na “Nature Genetics”

15 fevereiro 2008
  |  Partilhar:

Investigadores britânicos anunciaram a descoberta de sete novos genes relacionados ao Cancro da Próstata que talvez possam ser usados para identificar com maior precisão homens com maior risco de desenvolver a doença, aponta um trabalho apresentado na revista "Nature Genetics".
 

 

Actualmente, o único teste de laboratório disponível para identificar o Cancro da Próstata é um exame de sangue que detecta a presença do antigénio específico da próstata (PSA). Este é o marcador mais fiável usado para detectar a presença de tumor prostático.
 

 

Durante o estudo, cientistas do Institute of Cancer Research e da University of Cambridge, no Reino Unido, analisaram mais de meio milhão de variações de apenas uma letra no código genético de homens na Grã-Bretanha e na Austrália. Os genes identificados foram associados a mais de 50% dos casos de Cancro da Próstata.
 

De acordo com o resumo do estudo, publicado no Media Newswire, os sete genes encontrados nunca tinham sido associados ao tumor. Um deles, o msmb, pode ser detectado no sangue e um outro, o lmtk2, poderá ser um alvo para novos tratamentos, de acordo com o estudo.
 

 

A equipa refere que a maioria das pessoas possui pelo menos um dos genes identificados, mas a combinação de alguns deles aumenta o risco de um indivíduo desenvolver a doença.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.