Identificados genes que predispõem à Diabetes tipo 2

Estudo publicado na “Nature”

13 fevereiro 2007
  |  Partilhar:

 

Uma equipa internacional de investigadores identificou os genes mais importantes que predispõem para a forma mais comum da Diabetes, que está a aumentar devido à epidemia de Obesidade. A descoberta, divulgada na edição electrónica da revista científica “Nature”, usou os denominados “chips de ADN”.
 

 

O advento de técnicas de análise rápidas, com o recurso a chips de ADN (ácido desoxirribonucleico), permitiu a primeira exploração total da predisposição genética para a diabetes, segundo o comunicado de imprensa de uma das equipas responsáveis pelo estudo, o Centre National de la Recherche Scientifique (CNRS) francês.
 

 

"A dissecação do genoma da Diabetes permite explicar cerca de 70% da predisposição para contrair Diabetes tipo 2, a forma mais generalizada da Diabetes", afirmou Philippe Frogel, um dos autores do estudo.
 

 

Além do CNRS, o trabalho resultou da colaboração do Instituto Pasteur de Lille e do Imperial College de Londres.
 

 

Alguns dos genes identificados, nomeadamente o transportador de zinco (SLC30A8), indispensável à secreção de insulina pelo pâncreas, constituem um alvo terapêutico ideal para combater a doença, segundo os investigadores.
 

Os investigadores analisaram o ADN de cerca de 700 diabéticos franceses com casos na família e de um número equivalente de não diabéticos, tendo depois confirmado os resultados em mais de outros 5.500 diabéticos.
 

 

Fontes: Lusa e Imprensa Internacional
 

MNI- Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.