Identificados em ratinhos genes associados ao alcoolismo

Estudo publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences

25 abril 2006
  |  Partilhar:

 

Cientistas norte-americanos identificaram em ratinhos novos genes que contribuem para o consumo excessivo de álcool, segundo um estudo publicado pela revista Proceedings of the National Academy of Sciences.
 

 

"Os resultados do estudo proporcionam um grande caudal de conhecimentos sobre as determinantes moleculares do excesso de consumo de álcool, o que poderá levar a compreender melhor o alcoolismo", afirmou Ting-Kai Li, director do National Institute on Alcohol Abuse and Alcoholism, acrescentando que as conclusões “também destacam o valor destes modelos animais na investigação de transtornos humanos graves, como a dependência do álcool”.
 

 

Mediante uma técnica espacial, os cientistas determinaram a expressão genética no cérebro dos roedores e a sua relação directa com a necessidade de consumir álcool. Susan Bergeson, cientista University of Texas, em Austin, referiu que o processo permitiu examinar a transcrição genética de nove tipos de ratinhos, cada um deles com uma tendência diferente para o consumo voluntário de álcool.
 

 

Ao medir a expressão genética no cérebro de cada uno dos modelos, os cientistas conseguiram definir a predisposição genética para o consumo alto ou baixo de álcool. Além disso, a comparação dos dados do estudo com investigações genéticas em pessoas revelou que os genes residem em regiões cromossomáticas relacionadas com o alcoolismo nos seres humanos.
 

 

Os investigadores identificaram quase quatro mil genes vinculados ao consumo de álcool, entre os quais apenas 75 genes primários.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.